Aumento súbito de casos de coronavírus na cidade de Nova York aumenta o temor da população local

ANÚNCIO

A taxa diária de exames positivos para coronavírus em Nova York subiu para 3,25% nas últimas 24 horas, com um forte aumento nos casos entre as comunidades judaicas ortodoxas, disseram as autoridades na terça-feira.

A taxa elevada, que estava em 1,93% no dia anterior, é um passo preocupante para uma cidade que fez progressos drásticos no combate ao coronavírus.

ANÚNCIO

A cidade de Nova York, onde mais de 23.800 pessoas morreram de coronavírustornou-se o epicentro global da pandemia na primavera, mas recentemente divulgou algumas das taxas de positividade de teste e de infecção mais baixas entre as principais cidades dos EUA.

Em Nova York, casos de coronavírus dobram a cada três dias
Foto: (Reprodução/ Internet).

Pela primeira vez em muito tempo, o número diário está acima de 3% e isso é motivo de real preocupação“, disse o prefeito Bill de Blasio aos repórteres, anunciando que a cidade começaria a multar aqueles que não usassem máscaras em público.

O aumento de casos ocorre na mesma semana em que centenas de milhares de crianças voltam às aulas presenciais.

ANÚNCIO

Isso também ocorre porque os restaurantes e bares começarão a permitir refeições em ambientes fechados com capacidade de 25% pela primeira vez desde março, começando na quarta-feira.

Veja também: Mutações do COVID-19: o que aprendemos até agora

O governador de Nova York, Andrew Cuomo, culpou o aumento pela “falta de conformidade” e disse que 20 códigos postais estaduais, todos com forte população de judeus ortodoxos, têm taxas de positividade de testes diários em média 5%.

O código postal do condado de Rockland tem uma taxa de 30%, disse ele.

Conferência sobre coronavírus é cancelada por causa do coronavírus - Pfarma
Foto: (Reprodução/ Internet).

Cuomo disse que se reunirá virtualmente com líderes judeus ortodoxos e autoridades eleitas locais das comunidades mais afetadas pelo coronavírus para insistir na necessidade de cumprir as regras.

Leia também: Peregrinos judeus se retiram da fronteira ucraniana

O governador admitiu que está nervoso com a reabertura da escola pública, que está marcada para quinta-feira.

O prefeito De Blasio disse que as escolas fechariam novamente se a taxa de positividade do teste diário fosse superior a três por cento durante sete dias.

© Agence France-Presse

Traduzido e adaptado por equipe Saibamais

Fonte: ScienceAlert

ANÚNCIO