Assassino em série japonês se declara culpado pelo assassinato de nove vítimas que encontrou no Twitter

ANÚNCIO

Um assassino em série japonês ficou conhecido como o “assassino do Twitter” se declarou culpado de assassinar e desmembrar os corpos de nove vítimas que compartilharam pensamentos suicidas na rede social.

Takahiro Shiraishi disse a um tribunal em Tóquio na quarta-feira que as acusações contra ele eram “todas corretas”, de acordo com o Japan Times.

ANÚNCIO

Apesar disso, sua equipe de defesa argumenta que ele é culpado da menor acusação de homicídio com consentimento, já que afirmam que suas vítimas – oito mulheres e um homem com idade entre 15 e 26 anos – deram consentimento, pois expressaram pensamentos suicidas online.

The accused was arrested after dismembered bodies were found in his Tokyo apartment
O acusado foi preso depois que corpos esquartejados foram encontrados em seu apartamento em Tóquio (AFP via Getty Images)

Shiraishi parece estranho com seus advogados, dizendo a um jornal local na quarta-feira que não tinha o consentimento de suas vítimas para matá-los.

“Havia hematomas na nuca das vítimas. Isso significa que não houve consentimento e fiz isso para que não resistissem”, disse um relatório em Mainichi Shimbun.

ANÚNCIO

Se Shiraishi for condenado por assassinato, ele enfrentará a morte por enforcamento.

A promotoria diz que o jovem de 29 anos criou uma conta no Twitter em março de 2017 “para entrar em contato com mulheres que pensavam em suicídio, as quais ele via como alvos fáceis“, informou a emissora NHK.

Oito das nove pessoas que ele matou entre agosto e outubro de 2017 eram mulheres, e a mais nova tinha apenas 15 anos. A única vítima do sexo masculino foi morta depois que ele desafiou o acusado sobre sua namorada desaparecida.

Fique por dentro: O recém-nomeado primeiro-ministro do Japão chega aos holofotes da ONU

Shiraishi estrangulou e desmembrou suas vítimas, disse a acusação. As mortes foram reveladas depois que policiais revistaram seu apartamento em Tóquio em busca de uma mulher desaparecida e encontraram corpos desmembrados armazenados em recipientes de refrigeração.

Traduzido e adaptado por equipe Saibamais

Fonte: INDEPENDENT

 

ANÚNCIO