As crianças podem passar Coronavírus aos adultos?

ANÚNCIO

Conforme as crianças ao redor do mundo voltam para a escola nos últimos dias, tem havido uma discussão crescente sobre a ameaça do Covid-19 para as crianças e como o vírus afeta os jovens em comparação com os adultos.

Na segunda-feira, 24 de agosto, a vice-diretora  médica da Inglaterra, Jennie Harries, disse que o risco de gripe sazonal ou acidente de carro para estudantes era “provavelmente maior” do que o risco atual apresentado pelo coronavírus.

ANÚNCIO

E o primeiro-ministro Boris Johnson disse que o risco de contrair a Covid-19 na escola é “muito pequeno”. Ele disse que “é muito mais prejudicial para o desenvolvimento e a saúde de uma criança… ficar mais tempo longe da escola.

Máscaras são perigosas para crianças com menos de 2 anos, dizem ...
Foto: (reprodução/internet)

No início da pandemia de coronavírus, grande parte da preocupação com a ameaça à vida girava em torno de pessoas mais velhas, particularmente aquelas na faixa dos 75 anos ou com problemas de saúde subjacentes.

Em 24 de abril, o Great Ormond Street Hospital disse: “As evidências até agora sugerem que, embora as crianças desenvolvam Covid-19, muito poucas crianças desenvolvem sintomas graves, mesmo que tenham um problema de saúde latente”.

ANÚNCIO

Na Suíça, as autoridades disseram em 29 de abril que é seguro para crianças menores de 10 anos abraçarem seus avós porque crianças pequenas “não transmitem” o vírus.

Mas o virologista alemão Christian Drosten conduziu um estudo em maio, que descobriu que as crianças “podem ser tão infecciosas quanto os adultos”.

Então, as crianças podem passar o coronavírus para os adultos?

Coronavírus: veja perguntas e respostas | Coronavírus | G1
Foto: (reprodução/internet)

Em 23 de agosto, o professor Chris Witty citou evidências de que crianças “muito menos comumente” precisam de tratamento hospitalar ou adoecem gravemente com coronavírus do que os adultos.

De acordo com os dados do Escritório de Estatísticas Nacionais Inglesas  sobre idades, houve 10 mortes registradas como “devido à Covid-19” entre pessoas com 19 anos ou menos na Inglaterra e País de Gales entre março e junho de 2020.

Um estudo da Public Health England, publicado no domingo, descobriu que, em junho de um milhão de crianças que foram para a pré-escola e a escola primária antes das férias de verão, 70 crianças e 128 funcionários foram infectados em surtos.

Mas alertou que não se tem certeza. “O papel das crianças na transmissão não é claro, mas parece provável que elas não desempenhem um papel significativo”, afirmou.

Um estudo da UCL , publicado em maio, descobriu que as crianças “parecem ter metade da probabilidade de contrair Covid-19 do que os adultos”, mas alertou que “as evidências continuam fracas sobre a probabilidade de transmitirem o vírus”.

Foi o maior estudo desse tipo, incluindo uma revisão sistemática de mais de 6.000 estudos internacionais sobre a disseminação da Covid-19.

Ainda devemos expressar cautela quanto à capacidade das crianças de transmitir o vírus?

Mom and asian little child girl wearing respirator mask to protect ...
Foto: (reprodução/internet)

Grande parte da pesquisa sobre crianças se concentrou em crianças em idade primária, não naquelas em idade escolar.

Em agosto, a Organização Mundial da Saúde alertou que os jovens podem estar provocando picos de coronavírus em toda a Europa.

Também havia preocupação perto de casa com o Conselho de Preston alertando os jovens “Não mate a vovó” depois que descobriu que metade dos novos casos ocorriam em pessoas com menos de 30 anos.

Um estudo realizado pelo epidemiologista francês Arnaud Fontanet em uma escola na França descobriu que, embora os grupos de jovens não “transmitam na mesma medida”, “os adolescentes são tão contagiosos quanto os adultos”.

A secretária de educação trabalhista, Kate Green, disse que a política do governo de não fazer as crianças usarem máscaras na escola secundária é algo que deve ser mantido sob revisão.

Traduzido e adaptado por equipe Saibamais

Fonte: INDEPENDENT

ANÚNCIO