Ameaça de bomba em voo norueguês causa pânico no avião

ANÚNCIO

As autoridades norueguesas dizem que prenderam um britânico de 51 anos, suspeito de emitir uma ameaça de bomba no ar durante um voo da Ryanair de Londres para Oslo.

Pânico no ar

O incidente desencadeou uma operação maciça de segurança no aeroporto de Gardermoen, na capital norueguesa, e o avião foi escoltado para a Noruega pelos caças F-16 da Real Força Aérea Dinamarquesa.

ANÚNCIO

O vôo FR1392 do aeroporto de Stansted, com 142 passageiros e seis tripulantes, aterrissou em segurança em Gardermoen no início da tarde de sexta-feira, disseram autoridades.

Foto: (reprodução/internet)

Polícia preparada

A polícia norueguesa twittou: “Um avião da Ryanair recebeu uma ameaça de bomba enquanto estava no ar. O avião aterrissou em segurança na pista. A situação não é clara. Estamos no local com grandes forças”.

Mais tarde a polícia informou que a situação estava sob controle das autoridades, com todos os passageiros evacuados e o avião sendo examinado por esquadrões de emergência contra-terrorismo e bombas.

ANÚNCIO

O chefe da polícia operacional, Olav Unnestad, disse ao jornal norueguês VG que a prisão do britânico ocorreu sem problemas.

“Iniciamos uma investigação sobre o caso e interrogaremos o homem o mais rápido possível”, disse Unnestad.

A VG disse que a tripulação da Ryanair supostamente descobriu uma nota sugerindo uma ameaça no avião. Não houve comentários imediatos disponíveis da Ryanair.

 

Traduzido e adaptado por equipe Saibama.is
Fonte: 9news.

ANÚNCIO