A administração Trump acaba com as proteções do Lobo Cinzento contra o conselho dos cientistas

ANÚNCIO

O governo do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, removeu na quinta-feira a proteção contra espécies ameaçadas de extinção para o lobo cinzento, abrindo caminho para que o predador icônico seja mais amplamente caçado.

A mudança foi criticada por grupos de conservação, que disseram que, embora o número de lobos tenha se recuperado parcialmente desde que o animal foi listado pela primeira vez em 1974, eles permanecem “funcionalmente extintos” na grande maioria de sua área anterior.

ANÚNCIO

O departamento acrescentou em um comunicado que a população de lobos cinzentos nos 48 estados inferiores é de mais de 6.000, “excedendo em muito as metas de recuperação combinadas para as populações das Montanhas Rochosas do Norte e dos Grandes Lagos Ocidentais“.

A administração Trump acaba com as proteções do Lobo Cinzento contra o conselho dos cientistas
Foto: (Reprodução/ Internet)

Colocar lobos sob controle estadual permitirá que Minnesota, Michigan e Wisconsin retomem a caça e a captura , atividades bloqueadas por uma decisão judicial de 2014.

Todos os três estados são considerados campos de batalha na eleição de 3 de novembro entre Trump e Joe Biden, e o presidente procurou atrair os eleitores rurais, como caçadores e proprietários de gado.

ANÚNCIO

Fique por dentro: Até os morcegos se distanciam socialmente quando se sentem doentes

Um predador que já foi muito temido, o lobo cinzento foi eliminado em grande parte dos Estados Unidos na década de 1930 por meio de programas de caça, captura e envenenamento patrocinados pelo governo.

A administração Trump acaba com as proteções do Lobo Cinzento contra o conselho dos cientistas
Foto: (Reprodução/ Internet)

Os conservacionistas argumentam, no entanto, que a mudança para retirá-los da lista é prematura e os lobos reocuparam apenas 15% de sua área anterior.

Leia também: Mortes por overdose nos EUA parecem aumentar em meio à pandemia de coronavírus

No ano passado, 1,8 milhão de americanos escreveram comentários contra a retirada quando a mudança na regra foi proposta.

A administração Trump acaba com as proteções do Lobo Cinzento contra o conselho dos cientistas
Foto: (Reprodução/ Internet)

Ele também sofreu oposição de 86 membros do Congresso e 100 cientistas escreveram uma carta pedindo ao governo que reconsiderasse.

Atualmente, apenas quatro estados – Alasca, Montana, Idaho e Wyoming – permitem ao público caçar lobos.

Traduzido e adaptado por equipe Saibamais

Fonte: ScienceAlert

ANÚNCIO