5 das revelações mais impressionantes sobre Trump do novo livro de Woodward

ANÚNCIO

O jornalista Bob Woodward de Watergate compartilhou algumas das declarações extraordinárias que Trump fez enquanto era entrevistado para seu próximo livro, Rage.

Woodward, cujas reportagens sobre o presidente Richard Nixon ajudaram a levar à sua renúncia, entrevistou Trump 18 vezes entre dezembro e julho.

ANÚNCIO

De minimizar o coronavírus até se gabar de armas nucleares secretas, aqui estão cinco das coisas mais chocantes que Trump disse enquanto falava oficialmente com um dos jornalistas mais famosos e respeitados dos Estados Unidos.

1. Trump minimizou deliberadamente a ameaça do coronavírus

Foto: (Reprodução/ Internet).

O presidente tinha plena consciência da ameaça do coronavírus. Em 7 de fevereiro, ele disse a Woodward:

Você apenas respira o ar e é assim que ele passa. E isso é muito complicado. É muito delicado.

ANÚNCIO

Também é mais mortal do que suas fortes gripes.

Mas, publicamente, Trump minimizou a doença.

2. Trump expressou frustração porque os negros não são gratos por tudo o que ele fez por eles.

Expresso | Trump tenta limpar a sua imagem, mas beijo a menina negra gera  controvérsia
Foto: (Reprodução/ Internet).

Woodward tentou explicar o conceito de privilégio branco ao presidente.

Você tem a sensação de que esse privilégio isolou e colocou você em uma caverna até certo ponto, como me colocou, e acho que muitos brancos privilegiados, em uma caverna. E que temos que trabalhar para entender a raiva e a dor que os negros sentem neste país?

Sem surpresa, Trump descartou isso de imediato.

Não. Você realmente bebeu Kool-Aid, não é? Apenas escute você. Uau. Não, eu não sinto isso.

Veja também: Mulher morre durante uma caminhada nas montanhas da Califórnia durante uma onda de calor extrema

‘Beber o Kool-Aid‘ é acreditar em algo ridículo e possivelmente até perigoso – a frase se refere ao refrigerante com cianeto que quase mil membros da seita se envenenaram durante o Massacre de Jonestown.

Trump, que adora dizer aos repórteres que fez mais pelos negros americanos do que qualquer outro presidente desde Lincoln, passou a reclamar:

Eu tenho feito muito pela comunidade negra. E, honestamente, não estou sentindo nenhum amor.

3. Trump se gabou de ter armas nucleares ultrassecretas.

Foto: (Reprodução/ Internet).

Em uma entrevista, Trump disse a Woodward:

Eu construí um sistema nuclear – um sistema de armas que ninguém nunca teve neste país antes.

Fique por dentro: 7 mulheres negras que quebraram barreiras na política dos Estados Unidos e abriram caminho para Kamala Harris

Temos coisas que você ainda nem viu ou ouviu falar. Temos coisas que Putin e Xi nunca ouviram falar antes. Não há ninguém … o que temos é incrível.

De acordo com o The Washington Post, Woodward foi capaz de confirmar isso com outras fontes que expressaram sua “surpresa que Trump revelou isso”.

4. Kim Jong-un apenas sorri perto de Trump – de acordo com ele.

Em cartas, Kim Jong-un descreve relação com Trump como 'filme de fantasia'  - 13/08/2020 - Mundo - Folha
Foto: (Reprodução/ Internet).

Trump está bastante apaixonado pelo ditador da Coreia do Norte.

Ele o descreveu como “muito além de inteligente” e se gabou das cartas lisonjeiras que recebeu dele. Ele adicionou:

Eu sou o único com quem ele sorri.

Além de ser uma coisa muito estranha da qual se orgulhar, também não é verdade.

Kim Jong-un sorriu em várias fotos sem ele.

5. Trump gosta de líderes mundiais “duros” e “maus”.

Trump May Meet Again With Erdogan Despite Backlash Risk at Home - Bloomberg
Foto: (Reprodução/ Internet).

Além de Kim Jong-un, Trump também é um admirador do presidente autoritário turco Recep Tayyip Erdogan.

Refletindo sobre isso, Trump disse:

É engraçado, os relacionamentos que eu tenho, quanto mais duros e maldosos eles são, melhor eu me dou bem com eles.

Você sabe? Explique isso para mim algum dia, ok?

Woodward, como todos nós, ficou perplexo.

Fique por dentro: Kamala Harris critica Trump e Barr por não reconhecerem o racismo sistêmico presente no policiamento dos EUA

Apesar do fato de suas palavras estarem registradas, Trump tentou pintar Rage como um “sucesso”.

Traduzido e adaptado por equipe Saibamais

Fonte:  INDY100

ANÚNCIO