Texas permitirá reabertura de cinemas a partir de 1° de maio

ANÚNCIO

O governador do Texas, Greg Abbott, anunciou que os cinemas poderão reabrir na sexta-feira, junto com restaurantes, lojas e museus.

Cinema da rede AMC, em Houston, Texas

Reabrindo o estado

O Texas é o mais novo estado americano a permitir a abertura de cinemas, embora não se espere que as principais redes reiniciem seus negócios até pelo menos julho.

ANÚNCIO

A Geórgia permitiu que seus cinemas reabrissem na segunda-feira, embora ainda pareça que poucos, se houveram, optaram por fazê-lo.

Abbott reconheceu que muitas empresas optarão por permanecer fechadas. “Isso é permissão para abrir, não é um requisito”, disse Abbott.

Abbott acrescentou que os cinemas e outros estabelecimentos poderão operar com apenas 25% da capacidade, o que pode tornar a reabertura inviável para muitas empresas.

ANÚNCIO

É improvável que as principais cadeias de cinema reabram sem o apoio de grandes lançamentos de estúdio, que, por sua vez, não serão distribuídos até que os cinemas do país possam exibi-los.

O governador também disse que não seria permitido reabrir barbearias, salões de beleza, bares e academias na fase inicial. No entanto, ele disse esperar que eles reabram em meados de maio.

O Texas não está sozinho

Vários outros estados – incluindo Carolina do Sul, Oklahoma e Alasca – também tomaram medidas para reabrir. Muitos estados emitiram ordens de “ficar em casa” que expiram em 30 de abril.

O Texas, com uma população de quase 30 milhões, é de longe o maior estado americano a reabrir até agora.

O presidente Donald Trump disse na semana passada que discordava da decisão do governador da Geórgia Brian Kemp de reabrir esse estado, dizendo que era muito cedo.

Abbott disse que havia liberado o plano do Texas com Deborah Birx, que liderou a resposta ao coronavírus na Casa Branca, e recebeu a benção do governo. “Somos texanos”, disse Abbott. “A gente resolve.”

Traduzido e adaptado pela Equipe SM

fonte: Variety

ANÚNCIO