13 Reasons Why – Estréia da terceira temporada na Netflix

ANÚNCIO

Desde seu lançamento na ferramenta de streaming Netflix, 13 Reasons Why dividiu muitas opiniões a respeito de sua temática e o desenrolar de sua história. A principal acusação daqueles que não gostaram nenhum pouco do roteiro, foi que a série havia glamourizado o suicídio da jovem protagonista Hannah (Katherine Langford). A principal preocupação era de que a narrativa tivesse um efeito contrário, e ao invés de alertar a sociedade acerca dos motivos que levam a depressão, incentivasse os jovens que se identificassem a cometerem o mesmo ato que a protagonista. 

As críticas continuaram fortemente na segunda temporada, devido a uma cena explícita de estupro e de um plot que a ligava, de forma problemática, a um possível tiroteio dentro da Liberty High, a escola onde os protagonistas estudam. A nova temporada, que estreia hoje, traz uma nova temática, dessa vez, não estará tão focada na personagem das duas temporadas anteriores e sim no assassinato de Bryce Walker o valentão da escola que violentou Hannah e Jessica. 

ANÚNCIO
Reasons

O que esperar de 13 Reasons Why?

Ao contrário do que foi visto nas duas primeiras temporadas, a narrativa está mais centrada em um acontecimento específico. A julgar pelo trailer o mistério em torno da morte do valentão Bryce será o principal ponto da temporada. Isso representa um grande avanço, visto que anteriormente a história atirou para todos os lados, passando pela história de cada um dos personagens. 

Desde os conflitos de Clay (Dylan Minette) a negação de Jéssica em relação a violência sofrida enquanto estava embriagada e o vício nas drogas de Justin (Brandon Flynn), além disso, a história contada até o momento abordava a maneira com que outros estudantes do colégio eram coniventes com abusos sexuais. Apesar de tudo isso fazer parte do contexto geral que justifica o que levou ao trágico acontecimento com a jovem Hannah

A estratégia utilizada para a 3° temporada é algo bastante interessante, afinal, o famoso “quem matou” tem prendido a atenção de muitas pessoas ao longo dos anos e se bem trabalhada pode resultar em uma boa audiência. Recentemente essa mesma fórmula foi utilizada na série Elite que tem, também, adolescentes como público-alvo. 

ANÚNCIO

Muitas pessoas que acompanharam a primeira temporada de 13 reasons why não esperava que ela ganhasse uma nova temporada, no entanto, o sucesso foi tanto que continuou e essa é uma ótima chance, de finalmente ganhar um final menos penoso, já que,convenhamos que a história tomou um rumo muito triste com uma sequência de tragédias gerando um grande impacto nos milhares de telespectadores. 

Além do impacto causado, a série ficou devendo aos milhares de fãs um sentimento de justiça. O assassinato de um dos principais personagens e o grande vilão da história Bryce, dá, finalmente um alívio aqueles que esperavam que alguma punição fosse dada a ele. O interessante na história de vida desse personagem e a mensagem trazida pelo autor é em relação a sua posição social, e como aqueles que possuem um grande poder aquisitivo tem nem sempre respondem por seus atos. 

Embora tenha sido denunciado pela personagem Jessica, o personagem acabou escapando com apenas três meses em condicional, um desfecho muito semelhante a diversos casos da vida real. Em especial ao de Brock Turner, que nos Estados Unidos recebeu uma sentença branda por ter estuprado uma mulher inconsciente. O juiz responsável pelo caso, na época, alegou que a condenação teria um “grave impacto” no futuro do jovem rapaz, fato que foi duramente criticado.

Certamente a morte não é a solução para punir criminosos, mas traz ao espectador, depois de tantas maldades, um sentimento de vingança e principalmente de que o pesonagem Bryce não poderia mais cometer o mesmo crime com outras jovens.

O que podemos esperar da nova temporada é que as pontas que ficaram soltas finalmente sejam amarradas e que finalmente possamos ver a justiça sendo feita e a paz sendo estabelecida na vida dos adolescentes inseridos na história. 

ANÚNCIO