12 Bibliotecas mais interessantes do mundo

ANÚNCIO

As bibliotecas tem uma uma grande influência na vidas das pessoas, isso porque, são ricas em conhecimento de praticamente todas as áreas do conhecimento. Esses lugares não inspiram seus frequentadores tanto com o conteúdo presente em cada livro quanto por sua arquitetura. 

Neste artigo, listamos algumas das bibliotecas mais incríveis do mundo e reúnem o melhor da literatura e do design. Esses prédios compõem desde construções clássicas até espaços mais minimalistas e estão localizados em meio a cidades em diferentes partes do mundo. Diante de tanto acesso a tecnologia ter lugares como esses se tornará algo cada vez mais marcante para a história da humanidade. 

ANÚNCIO

Biblioteca da Trinity College (Dublin, Irlanda)

bibliotecas
Foto: (reprodução/internet)

Essa biblioteca está localizada na Irlanda, e é o maior acervo do país. A Trinity College segue ampliando desde a sua inauguração em 1592. Sua arquitetura todos os seus frequentadores, tanto por seu exterior que guarda parte da história da Irlanda, ou por seu interior que é composto por imensos corredores e pilastras bem altas que emolduram grandes títulos da literatura mundial. No século 18, a biblioteca ganhou um novo e impressionante espaço, fato que possibilitou que se tornasse ainda mais linda com o passar dos anos. 

Biblioteca Pública Central de Seattle (Seattle, Estados Unidos)

Essa biblioteca tem uma estrutura com composta por  363 mil metros quadrados e é coberta por vidro que abriga salas modernas próprias para leituras, salas de estar e até mesmo um espaço para crianças, tudo pensado para que os leitores possam aproveitar ao máximo cada momento. Ela foi inaugurada em 2004 e seu grande desafio foi, além de celebrar os livros, reunir todas as outras formas de mídia e apresentá-las em um mesmo espaço.

Biblioteca da Universidade de Aberdeen (Aberdeen, Escócia)

bibliotecas
Foto: (reprodução/internet)

Apesar da Universidade de Aberdeen ter sido fundada em 1495 a biblioteca é muito moderna e mostra que apesar de sua longa trajetória, não parou no tempo. Desde a sua fachada composta por faixas irregulares e grandes placas de vidro, o prédio é um grande exemplo do uso da energia solar como uma forma de economizar energia. A sinuosidades que caracterizam o interior do prédio contrastam com as linhas retas que formam seu exterior. Além de toda a impressionante estrutura, o lugar ainda conta com 1200 bancadas próprias para estudos individuais para os alunos da universidade. 

ANÚNCIO

Biblioteca Nacional da República Tcheca (Praga, República Tcheca)

bibliotecas
Foto: (reprodução/internet)

A Biblioteca Nacional da República Tcheca impressiona bastante os seus frequentadores devido a suas pinturas e arabescos. Situada em Clementinum – um completo de construções que datam desde o século Xl. Os globos têm tamanhos impressionantes e fazem uma referência a um estilo barroco e tem por objetivo lembrar as pessoas sobre os patronos que buscavam conhecimentos acerca do mundo. Além disso a estrutura de madeira torna o ambiente ainda mais bonito. 

Biblioteca e Museu da Universidade Musashino Art (Tóquio, Japão)

bibliotecas
Foto: (reprodução/internet)

Os móveis mais comuns em uma biblioteca são, naturalmente as enormes prateleiras cheias de livros. Por isso, o arquiteto japonês responsável pelo projeto da biblioteca utilizou esse objeto para ocupar os demais espaços desde a fachada até o interior do prédio. O curioso no ambiente, é que as prateleiras vazias são ocupadas por pessoas, ao invés de livros. Isso mesmo, o objetivo ao criar gigantes prateleiras é trazer um reflexo sobre a importância da comunicação digital na atualidade, além de trazer um ambiente mais moderno e diferenciado. 

Biblioteca Real Dinamarquesa (Copenhagen, Dinamarca)

bibliotecas
Foto: (reprodução/internet)

Intitulada de “Diamante Negro” a nova construção da Biblioteca Real Dinamarquesa, concluída em 1999, ganhou esse nome devido a sua cobertura com placas de granito polido. Em meio a construção existe uma estrutura de vidro que suaviza o ambiente e proporciona um abundante entrada de luz no ambiente. O espaço proporciona, além de cultura e conhecimento para seus frequentadores, um espaço moderno e público para encontros e eventos. Para aqueles que tiverem a oportunidade, vale a pena conferir! 

 Biblioteca Bodleian (Oxford, Inglaterra) 

bibliotecas
Foto: (reprodução/internet)

A Biblioteca Bodleian localizada em Oxford, na Inglaterra, passou por diversas expansões durante os seus quatro séculos de existência. Foi inaugurada em 1602 e atualmente os seus prédios anexos guardam mais de 11 milhões de diferentes livros. Em um desses prédios – a Radcliffe Camera – tornou-se um símbolo neoclássico devido a sua estrutura. Os 26 primeiros ministros britânicos já passaram por essa biblioteca além de outras grandes personalidades, como 50 vencedores do Prêmio Nobel e renomados artistas como Oscar Wilde e William Morris.

Biblioteca Sainte-Geneviève (Paris, França)

bibliotecas
Foto: (reprodução/internet)

Anexa ao Panteão, a Biblioteca Sainte-Geneviève foi projetada em meados do século 19. No entanto, suas obras são anteriores a esse período, já que parte do acervo da biblioteca pertenceu ao Monastério de Sainte-Geneviève, que foi fundado no século 6. Na arquitetura, o destaque vai para as estruturas de ferro que ficam à mostra e exibem arcos cheios de detalhes. As janelas grandes e altas também facilitam a entrada da luz e dão leveza ao espaço.

Biblioteca da Cidade de Stuttgart (Stuttgart, Alemanha)

bibliotecas
Foto: (reprodução/internet)

A biblioteca da cidade de Stuttgart possui um formato de cubo e seu teto é completamente translúcido. O espaço foi criado para ser um marco contemporâneo da modernidade e do lado de fora as paredes de concreto recebem luzes coloridas que dão ao lugar um toque de leveza e descontração durante a noite. Naturalmente, as comparações com o cubo mágico se tornam inevitáveis. 

No interior do espaço, em seus cinco andares existem diversos livros e o design clean é composto por escadas de acesso e essas formas dão a impressão de uma espécie de labirinto. 

Biblioteca de Alexandria (Alexandria, Egito)

bibliotecas
Foto: (reprodução/internet)

Construída no século 3 antes de Cristo e destruída no século 3 depois de Cristo, a histórica e original Biblioteca de Alexandria foi um dos mais importantes e antigos templos de conhecimento do mundo. A nova estrutura localizada em Alexandria (Egito) foi finalizada em 2002 com o objetivo de recuperar um centro de cultura. O espaço inclui um planetário, um centro de realidade virtual, quatro museus, um centro de pesquisas acadêmicas, galerias de arte e uma sala própria para conferências. Além disso, o espaço conta com uma série de bibliotecas especializadas e tudo isso e frente ao Mar Mediterrâneo. 

Biblioteca do Monastério de St. Florian (Sankt Florian, Áustria)

bibliotecas
Foto: (reprodução/internet)

Os milhares de livros abrigados na biblioteca localizada no Monastério de St. Florian encontram-se entre estantes e balaústres ricamente entalhados em madeira e decorados com ouro. Essa estrutura, concluída no século 18, o lugar é um marco da arquitetura barroca. A galeria de arte e a basílica são incríveis e o seu acervo bem como a sua arquitetura certamente merece uma visita. A pintura feita no teto foi finalizada em 1747 e é uma  uma representação alegórica dos seres que nos assistem dos céus.

Biblioteca e Centro Cultural de Vennesla (Vennesla, Noruega)

bibliotecas
Foto: (reprodução/internet)

Construída dentro de um único galpão a Biblioteca Cultural de Vennesla abriga espaços de leitura, salas de reunião e até mesmo um café. Com um design cheio de curvas e sinuosidades que formam o teto e descem pelas paredes e se estendem sobre o chão o lugar recebe uma estrutura impressionante. Ainda nessas estruturas estão instaladas as luzes e o sistema de ar condicionado, criando um visual limpo em que tudo está interligado com harmonia.

ANÚNCIO